IPVA 2021 Amapá – Valor das alíquotas, 2ª via e Como pagar

Todos os donos de veículos automotivos devem pagar anualmente o IPVA (imposto sobre a propriedade de veículos automotores). Caso não seja pago, o veículo não pode circular nas ruas do estado, sendo aplicáveis multas. No caso do Amapá (Detran AP) as alíquotas também são incidentes para os proprietários e deverão ser cobradas, como de costume, no início do ano de 2021. Fique atento aos detalhes sobre o imposto no ano que segue.

IPVA AP

Valor e Alíquotas do IPVA 2021 no Amapá

O IPVA é calculado com base no valor venal, ou seja, é uma estimativa que o Poder Público realiza sobre o preço de determinados bens. Esse valor pode variar de ano para ano, pois é calculado o valor venal de venda de cada veículo e também uma alíquota de cobrança.

Confira a tabela do valor do seu IPVA por meio das alíquotas a seguir:

  • 3% de alíquotas: de veículos aéreos, aquáticos, motocicletas, ciclomotores e similares;1% de alíquotas: caminhão, ônibus, micro-ônibus, veículos aéreos e aquáticos usados para transporte coletivo de passageiros e carga.

Como emitir a 2ª via do IPVA

Geralmente, o boleto do IPVA é entregue no endereço do dono do veículo, caso não tenha recebido é possível fazer a solicitação de uma segunda via pelo site do Detran.

Para você não errar, fizemos um passo a passo, confira:

  •  Entre no site do Detran;
  •  Preencha o fomulário com o número do seu RENAVAM e a placa;
  • Clique em consultar;
  • Aparecera a opção de gerar a segunda via do seu boleto.

Após a impressão do seu boleto, você pode optar para realizar o pagamento do seu IPVA nos seguintes lugares:

Onde e como pagar

  • Bradesco;
  • Banco do Brasil;
  • Banco Itaú;
  • Santander;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Casas Lotéricas.
  • No DETRAN
  • Aplicativo do banco.

Calendário de pagamento 2021

A tabela de pagamento do IPVA 2021 AP, é organizada pelo último número da placa. Confira a tabela de datas de pagamento das parcelas disponibilizada pelo Detran Amapá:

  • Placa final 1: cota única em março ou parcelas em janeiro, fevereiro e março;
  • 2: cota única em abril ou parcelas fevereiro, março e abril;
  • 3: pagamento unitário em maio ou parcelamento março, abril e maio;
  • 4: cota única em junho ou parcelas em abril, maio e junho;
  • 5: pagamento unitário em julho ou parcelas em maio, junho e julho;
  • 6: cota única em agosto ou parcelas em junho, julho e agosto;
  • 7: pagamento unitário em setembro ou parcelas em julho, agosto e setembro;
  • 8: cota única em outubro ou parcelas agosto, setembro e outubro;
  • 9: pagamento unitário em novembro ou parcelas em setembro, outubro e novembro;
  • 0: cota única em dezembro ou parcelas em outubro, novembro e dezembro.

Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply