IPVA Detran MT – Consulta, Pagamento e 2ª via do Boleto

Todas as pessoas que possuem veículos registrados no estado do Mato Grosso, devem realizar o pagamento do IPVA (Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores), que é obrigatório. A Secretaria da Fazenda do Mato Grosso (Sefaz-MT) anunciou que o valor deste ano baixou 3,21% em relação a 2018. Esta queda ocorreu em função da desvalorização do preço de venda de veículos.

O Diário Oficial publicou no ano passado a tabela com os valores venais, apurados pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). De acordo com a pesquisa, um dos veículos com maior valor de alíquota é o Porsche 911 Turbo S, com IPVA de R$ 32.184,00, e a motocicleta HarleyDeividson FL HTKSE AN V, com IPVA de R$ 5.057,00.

Pagamento

Se o contribuinte recebeu a guia de pagamento em casa pelo correio, basta se dirigir até uma agência bancária credenciada, apresentar o número de Renavam (Registro Nacional de Veículo Automotor), que consta no documento do veículo, e efetuar o pagamento nos caixas eletrônicos ou no caixa convencional. É possível também efetuar o recolhimento online ou através do débito programado, dependendo das opções oferecidas pelo seu banco.

É importante lembrar que o valor do IPVA pode ser pago em parcela única, com desconto entre 3 e 5%, ou parcelar em até três vezes iguais, mensais e sucessivas. No entanto, o parcelamento só é possível se o valor da parcela for superior a uma UPF/MT, que é de R$ 140,59 atualmente. Se parcelado, o vencimento da primeira parcela é no mesmo mês de vencimento do imposto, conforme o calendário disponibilizado abaixo. As outras parcelas, terão data de vencimento para os dois próximos meses.

Para ter o desconto de 5%, o pagamento deve ser realizado até o 10º dia do mês, e para pagamentos entre o 11º e 21º dia, o desconto será de 3%. A partir desta data, o IPVA não terá direito a desconto e sofrerá acréscimo de juros e multas.

A Secretaria informou que as datas de vencimento variam de acordo com o número final da placa, e estão distribuídas entre janeiro e junho para o pagamento total do imposto. É importante ressaltar então, que o contribuinte deve estar atento ao calendário para não entrarem em dívida com o fisco.

IPVA

Veículos novos e adquiridos em outros estados seguem as mesmas datas para pagamento e tem os mesmos direitos de desconto. Mas o prazo para o pagamento começa a ser calculado com a data de emissão da nota fiscal.

Como consultar

Para consultar a situação do IPVA do seu veículo siga os passos abaixo:

  1. Acesse o site do governo do Mato Grosso (http://www.mt.gov.br)
  2. No menu superior clique em “Serviços”
  3. Selecione a opção “Detran” (ou acesse diretamente pelo link: http://www.mt.gov.br/-/443432-consultar-ipva-online-)
  4. Clique na opção “Consultar IPVA (online)”
  5. Digite o chassi e clique em “consultar”

EMISSAO DE 2º VIA DE BOLETO

As pessoas que não receberam a guia de cobrança pelo correio ou que a perderam, podem consultar a situação do veículo, o valor a ser pago e gerar a segunda via do boleto online, acessando o site da Sefaz/MT (https://www.sefaz.mt.gov.br/ipva/emissaoguia/emitir). Basta digitar o número do chassi ou do Renvam.

Como calcular

Para saber com antecedência o valor a ser pago de IPVA você deve ter em mãos o modelo e ano do seu veículo e localizá-lo na tabela de valores venais. Depois, aplique a alíquota (que varia entre 1 e 4%) sobre o valor venal encontrado.

Em 2019, no estado do Mato Grosso, foram consideradas as variações de valor de mercado dos veículos entre os meses de setembro e outubro de 2017 e de 2018, e também a composição da frota tributável no ano anterior.

Arrecadação do estado

A Secretaria da Fazenda informou que a frota tributável em setembro de 2018 era de mais de 2 milhões de veículos, sendo que 500 mil não são passiveis de tributos em função do ano de fabricação, imunidade ou dispensa de pagamento. Ainda assim, estima-se a arrecadação de R$ 665 milhões com este imposto em 2019.

O IPVA corresponde a segunda maior arrecadação do Mato Grosso, sendo que 50% é destinado ao Estado e a outra metade aos municípios onde o veículo foi licenciado. O Estado e as prefeituras determinam as prioridades para onde este recurso será aplicado.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply